A Chamada Profética de Samuel

A Chamada Profética de Samuel
Lição 3 
 – 20 de Outubro de 2019
Texto Áureo – Então, veio o SENHOR, e ali esteve, e chamou como das outras vezes: Samuel, Samuel. E disse Samuel: Fala, porque o teu servo ouve. 1 Sm 3.10
Leitura Bíblica em Classe – 1 Samuel 3.1-10

Introdução: Com as profecias rareando em Israel, principalmente no cenário que envolve o Sacerdote Eli em sua decadência espiritual e evolução. Deus é longânimo, mas quando alguém que foi escolhido para servi-lo começa a relaxar no seu ofício, não resta alternativa, senão pelo caminho da substituição. Fazia tempo que Deus se calara, mas diante da situação decadente em que se encontrava o sacerdócio em vigência foi necessário mudar o quadro diante dessa crise institucional. Deus procurou pluralizar as suas manifestações para que ninguém viesse a se equivocar em relação à autenticidade da experiência com o jovem Samuel, o qual era o seu escolhido para dar nova vida a um sacerdócio moribundo.
1 – É com os ocupados em servir ao Senhor, que Ele tem planos.
1 Samuel 3.1- E o jovem Samuel servia ao SENHOR perante Eli. E a palavra do SENHOR era de muita valia naqueles dias; não havia visão manifesta.
Deus quer que os seus sempre estejam ocupados em servi-lo, sendo diligente de acordo com a sua posição a qual foi escolhido. Não podemos nos deter em qualquer situação que venhamos a enfrentar, assim como também não nos deixarmos influenciar por maus exemplos, de pessoas as quais tenhamos que conviver, pois é isso que o Senhor aguarda de nós,. É assim que superamos todos os meios contrários sem nos desviar um pouco sequer, mas sempre fazendo o melhor aos olhos de Deus. Quem assim procede sendo fiel no pouco, certamente Deus nos confiará coisas ainda maiores, pois algo que Ele se agrada e faz com prazer é recompensar os que lhe prestam obediência em tudo, com humildade e diligência, pois esse é o caminho para o nosso aperfeiçoamento. (Efésios 4:12 Querendo o aperfeiçoamento dos santos, para a obra do ministério, para edificação do corpo de Cristo;
2 – Os relaxados no serviço de Deus precisam ser substituídos.
1 Samuel 3.2 – E sucedeu, naquele dia, que, estando Eli deitado no seu lugar (e os seus olhos se começavam já a escurecer, que não podia ver)
Deus fica indignado com todo aquele que exerce um ofício de grande responsabilidade, mas que gosta muito de usufruir da sua tranquilidade, não se importando e fazendo vistas grossas com coisas erradas que acontecem ao seu redor. A obra do Senhor não pode ficar prejudicada por quem não assume os seus compromissos que lhe foram delegados e não faz nada para reverter a situação. É algo desprezível alguém que faz a obra com negligencia, ou que finge fazê-la, mas não o faz na realidade. O líder que aparentemente demonstra servir à glória de Deus, mas na verdade serve aos seus próprios interesses, não é digno de estar nessa posição, como também aquele que é preguiçoso no serviço de Deus e não se esforça para mudar. Quem não quer fazer tem que dar lugar para quem quer. (Jeremias 48.10a Maldito aquele que fizer a obra do Senhor fraudulosamente; e maldito aquele que retém a sua espada do sangue).
3 – É preciso experiências místicas com Deus para compreendê-lo.
1 Samuel 3.3 – e estando também Samuel já deitado, antes que a lâmpada de Deus se apagasse no templo do SENHOR, em que estava a arca de Deus, 1 Samuel 3.4 – o SENHOR chamou a Samuel, e disse ele: Eis-me aqui. 1 Samuel 3.5 – E correu a Eli e disse: Eis-me aqui, porque tu me chamaste. Mas ele disse: Não te chamei eu, torna a deitar-te. E foi e se deitou. 1 Samuel 3.6 – E o SENHOR tornou a chamar outra vez a Samuel. Samuel se levantou, e foi a Eli, e disse: Eis-me aqui, porque tu me chamaste. Mas ele disse: Não te chamei eu, filho meu, torna a deitar-te.
Todo aquele que é disciplinado e ativo no serviço divino e zela pelas coisas a qual foi incumbido certamente é alguém que Deus se agrada e procura manter uma comunhão mais íntima com Ele. Dessa forma sendo diligentes e aplicados nas coisas que estão em nossa responsabilidade é possível esperar manifestação da presença de Deus. Porém quem vive exercendo como uma rotina constante e não busca ter experiências místicas no que tange ao desejar o sobrenatural divino fica difícil discernir o que Ele quer de nós.
Precisamos desenvolver uma familiaridade com o Senhor para que possamos ter a sensibilidade espiritual e com sabedoria reconhecer a verdadeira voz que nos chama, para que não ajam enganos com aquilo que ouvimos. Não basta dizer eis-me aqui e não discernir a voz do seu chamado e voltar a dormir ignorando a prontidão que Deus aguarda dos seus servos. (Salmos 95:7 Porque ele é o nosso Deus, e nós povo do seu pasto e ovelhas da sua mão. Se hoje ouvirdes a sua voz).
4 – É importante ser um adorador e mais ainda conhecer a Deus.
1 Samuel 3.7- Porém Samuel ainda não conhecia o SENHOR, e ainda não lhe tinha sido manifestada a palavra do SENHOR. 1 Samuel 3.8 – O SENHOR, pois, tornou a chamar a Samuel, terceira vez, e ele se levantou, e foi a Eli, e disse: Eis-me aqui, porque tu me chamaste. Então, entendeu Eli que o SENHOR chamava o jovem.
Devemos conhecer o Deus da nossa salvação e prosseguir em conhecê-lo a cada dia, pois essa é uma atitude conscienciosa de todos os que o amam. Precisamos ter intensidade espiritual e não vivermos apenas de entusiasmo, sem criar raízes que dão sustentação para demonstrarmos uma espiritualidade autêntica. Quem está espiritualmente longe de Deus não entende sua voz, por isso devemos chegar a Ele, para que da mesma forma
Ele chegue a nós. A nossa preparação é condicional para qualquer missão que Deus queira de nós, como também a disposição voluntariosa em atender o seu chamado é algo que Deus aguarda de cada um de nós. (Isaías 6:8 Depois disto ouvi a voz do Senhor, que dizia: A quem enviarei, e quem há de ir por nós? Então disse eu: Eis-me aqui, envia-me a mim).
5 – Deus pela Sua graça ainda usa um ser caído a dar bom conselho.
1 Samuel 3.9 – Pelo que Eli disse a Samuel: Vai-te deitar, e há de ser que, se te chamar, dirás: Fala, SENHOR, porque o teu servo ouve. Então, Samuel foi e se deitou no seu lugar. 1 Samuel 3.10 – Então, veio o SENHOR, e ali esteve, e chamou como das outras vezes: Samuel, Samuel. E disse Samuel: Fala, porque o teu servo ouve.
Para ouvir a voz de Deus é necessário ter um coração receptivo. Quem se dispõe a servir a Deus deve estar atento para ouvir e obedecer a sua voz. Quando Deus fala, de alguma maneira Ele nos identifica, para que não venhamos a ficar confundidos. A tranquilidade espiritual é proveitosa para estarmos preparados para entender o significado da sua voz de comando. Quando paramos silenciosamente para ouvir o que Deus quer falar, nós permitimos o abrir de um caminho para a mensagem que Ele quer nos entregar e não ficarmos confundidos. Para sermos felizes diante de Deus é necessário sermos equilibrados tendo a compreensão para entender todos os desígnios que Ele tem em nossas vidas e isso é necessário para sermos aprovados naquilo que quer nos destinar. (1 Coríntios 2:15 Mas o que é espiritual discerne bem tudo, e ele de ninguém é discernido).

Elaborado pelo Pastor Adilson Guilhermel